Um ano aps o acidente

No dia 21 de julho passado, completou um ano que o empresário de São Bernardo do Campo (SP), Carlos Alberto Magon, 50 anos, teve sua rotina de vida completamente interrompida. Nas suas primeiras férias em família, com a esposa e quatro filhas, sofreu um acidente que o deixou tetraplégico no brinquedo Bolha Gigante, no parque aquático Thermas dos Laranjais, em Olímpia (SP). Uma pessoa pulou próximo do empresário e ele caiu do brinquedo, batendo com a cabeça no fundo da piscina. Com a queda, as vértebras C4 e C5, que ficam perto da nuca, foram lesionadas. O parque só prestou assistência com as despesas de hospital e, depois, coa sua locomoção até a residência. Desde então, o homecare tem sido prestado graças ao plano de saúde familiar.

Passados 12 meses, o empresário permanece sendo cuidado por familiares e já passou por três internações, a última aconteceu por 23 dias e teve alta no último dia 09/07. Durante este tempo, não obteve auxílio ou contato advindos do parque aquático. Na ocasião do acidente, o delegado Marcelo Pupo de Paula, responsável pelo caso, registrou o acidente no boletim de ocorrência como lesão corporal culposa.

O empresário era o administrador da empresa Power Brasil, que funciona como locação de geradores, em São Bernardo do Campo. Os familiares informaram que a empresa atravessa sérias dificuldades financeiras - não somente pela crise que assola o país atualmente, mas pela falta de gestão. A vítima, com quatro filhas, era o gestor e técnico da empresa. Atualmente, se encontra na sua residência, em uma cama hospitalar improvisada na sua sala devido à falta de estrutura da residência.

A esposa, Solange Cristina Machado Magon, que atuava como diretora financeira da empresa, teve que abdicar de sua função para cuidar diretamente do marido em casa. De acordo com o advogado gaúcho Eduardo Barbosa, contratado pela família para atuar no caso, a ocorrência é um caso flagrante de acidente de consumo, ou seja, trata-se de uma responsabilidade objetiva ligada diretamente ao Código do Consumidor. Exatamente hoje, no dia que o acidente completa 1 ano, o advogado entrará hoje na Justiça com uma ação indenizatória por danos morais, materiais e estéticos. “A imprudência ocasionou em uma tragédia”, advertiu. Além disso, acentuou que o parque não dispõe de uma equipe de socorristas, o que agravou em muito o estado de saúde de Carlos Magon.

Devido à tetraplegia, o empresário foi acometido por outras complicações de saúde. Em dezembro do ano passado, por exemplo, teve que se submeter à nova cirurgia para a instalação de um marca-passo em seu coração. O advogado informou, ainda, que o quadro físico da vítima é muito debilitado e se alimenta apenas por meio de sonda. Em consequência do stress emocional, toda a família faz sessões de terapia.

O mais recente relatório médico, elaborado pelo especialista em Neurocirurgia, Dr Paulo Porto de Melo, apontou que Carlos Magon apresenta “tetraplegia flácida com ausência de força muscular em membros inferiores, ausência de força muscular nas mãos, ausência de força muscular em bíceps, tríceps e deltóide esquerdos, força muscular insuficiente para vencer a gravidade em bíceps e deltoide direitos e ausente em tríceps direito”.

De forma geral, o médico observou no laudo muito pouca e evolução e recuperação motora de Carlos Magon, compatível com lesões medulares altas. Segundo o Dr Paulo de Melo, o prognóstico de recuperação é ruim, não se esperando restabelecimento de força muscular que torne o paciente minimamente independente de qualquer cuidado, sendo qualificado de “inválido permanente”.

A rotina da vida da esposa e quatro filhas mudou completamente. A esposa dedica-se integralmente o marido, que só se mantém vivo graças a um respirador artificial. A filha mais velha teve que trabalhar na empresa da família.

O parque aquático Thermas dos Laranjais, considerado o quarto maior do mundo, recebe cerca de 20 mil pessoas aos finais de semana. A estimativa é de que o parque receba uma média de dois milhões de visitantes ao ano.

Foto: G1

Terezinha Tarcitano

Assessora de Imprensa

(51) 9929-4575